22 de fevereiro de 2009

Por falar em personagens mais humanas



Filme grandioso, onde a linha que define a ficção e a vida de Mickey Rourke é muito ténue. Aqui sim, a personagem principal faz escolhas erradas à busca do seu estrelato e da glória, mesmo que ponha em causa a sua vida. E, provavelmente, é por isso que tanto o conseguimos admirar. Palavra especial para a Marisa Tomei. Mais destaque para a sua interpretação, por favor.

PS: Mickey, estou a torcer por ti nos Óscars.

7 comentários:

looT disse...

O Fantas anda-te a correr bem estou a ver :P

Menphis disse...

Se te eu disser que vi estes dois filmes enroladinho no cobertor e com um capuccinno ao lado acreditas ? Pois claro :) não vi estes filmes no cinema, mas na tela do meu pc LOL

looT disse...

Então com o Fantas aí ao lado e tudo era de aproveitar.

Tsc Tsc Shame on You

Menphis disse...

Eu penso que o melhor do Fantasporto,e de outros festivais do género,é vermos filmes que, doutra maneira, não os víamos no circuito normal de cinema. Agora estes dois, tanto os poderia ver lá, como noutra sala de cinema.Aliás, eu penso que não iria lá para ver estes filmes, mas sim para ver outros como digo atrás. Calhou ver em casa ;)

Cristina disse...

Estou desejosa para ver este filme. Também eu falei deste filme no meu blog, mencionando se não seria um auto-retrato. Espero que depois deste filme, o Mickey não se vá novamente abaixo.

looT disse...

Tens razão apenas estreiam mais cedo pelo Fantas mas eventualmente vão parar ao circuito comercial e o Wrestler é já nesta quinta.

E o Rourke não ganhou. Não vi nem a sua prestação nem a de Penn mas acredito que ambos merecessem :)

abraço

Menphis disse...

Cristina - estamos todos a torcer pelo Mickey porque se sente que é um grande actor que se perdeu por outras coisas que apenas servem para te auto-destruir.

Loot - mais cedo do que o Fantas foi no meu Home cinema :) LOL

e sim, acredito que o Sean Penn também tenha estado bem.