13 de setembro de 2008

A vida tem destas coisas que nos fazem sorrir. Que nos fazem suspirar alegremente, olharmos para o lado brilhante da vida, como afirmavam os Monty Python naquela canção que me acorda todos os dias. Nos fazem levantar os olhos do chão, secar as lágrimas, e erguer a cabeça em frente. Nos fazem esquecer maus momentos porque sabemos que os bons irão surgir mais tarde. Que nos inspiram. Que nos fazem acreditar que, sei lá, talvez valha mesmo a pena andar por aqui.

Não os conheço pessoalmente (uma falha que vai ser eliminada brevemente) mas sinto-os como se fossem meus amigos, aqueles amigos que partilharam segredos comigo, e eu partilhei os meus com eles, que os vi a crescerem juntos, e com eles cresci também, que senti o amor deles a florescer, e de ficar todo radiante quando vi este post, de acompanhar todos os preparativos e de ver o quanto é grande o AMOR que ilumina as vidas de ambos.

O blog dela foi mesmo o primeiro blog que conheci, um pouco antes de pensar em também ter um meu, cheguei lá pelo curiosidade do seu nick, o fascínio por Jeff Buckley era comum, os gostos eram semelhantes e comecei a acompanhá-lo fielmente ao ponto de ela me "pegar" um vicio: o de dobrar os cantos das páginas dos livros quando leio algo que me agrade.

O conhecimento do blog dele, foi, claro, através dos comentários dele e da troca de mimos entre ambos, no qual eu, qual verdadeiro espectador de um filme romântico, acompanhava sempre sorridente por ver o amor deles a crescer. Àparte disso, sempre apreciei as suas sugestões musicais de fim-de-semana, dos seus escritos sobre a vida e a sua imensa paixão por Fotografia.

Hoje a vida deles irá mudar. Duas vidas passam a uma só. Tudo por causa de um link. De uma música. Do Google. Da blogosfera. De uma atracção cósmica. Ou, talvez não sei bem, porque o destino assim estava marcado.

A eles, desejo todo o amor do mundo, muitas felicidades e que, juntos, possam partilhar de grandes momentos felizes e de muita alegria. Como sei o quanto é importante esta música para eles, hoje vai ficar esta minha pequena homenagem.

Felicidades à Mojo Pin e ao Carriço.Viva os noivos.

Anda Menina - Jorge Cruz


3 comentários:

Carriço disse...

Menphis, vale mesmo a pena andar por aqui, acredita. E não é só nas grandes decisões, nas grandes mudanças. Todos os dias há uma pequena coisa capaz de nos fazer sentir isso. Quando as não sentimos, é porque andamos distraídos, muito atarefados.
Um grande abraço e um enorme obrigado pela tua atenção e pelas tuas palavras. És um amigo, não duvides disso. E, por isso, já sabes... é só ligares, estamos por lá! :)

Um grande, grande obrigado!

Maria del Sol disse...

:)

Mesmo sem conhecer os bloggers em questão (vou já tratar de espreitar as respectivos espaços), fiquei comovida com a tua manifestação de apreço. E, claro, só posso concordar contigo que histórias como a deles são o aspecto mais positivo da blogosfera, e a razão pela qual tenho prazer em investir algum do meu tempo livre no espaço virtual.

Beijinhos e bom fim-de-semana.

Menphis disse...

Carriço -
"Quando as não sentimos, é porque andamos distraídos, muito atarefados"

Sim, é verdade, devo andar distraído, mas certamente ando é muito cansado. Nada como umas férias para mudar isto...estão quase.

mariadelsol- o blog Fragmagens é diferente hoje do que era. Problemas no servidor levou-o a eliminar o outro. Mas, vale a pena, acompanhá-lo.