27 de abril de 2008

Como uma brisa fresca num dia quente

Foi o que senti quando vi hoje " Juno" . Um filme MARAVILHOSO, a merecer todo o hype que teve, e continua a ter. E com um dos finais mais enternecedores que já vi.

4 comentários:

Carriço disse...

Tem a magia das coisas simples. E, nessa simplicidade, dá mais respostas que muitas das coisas que se dizem completas.

Abraço

Menphis disse...

Carriço, é mesmo isso, a magia das coisas simples. Ás vezes entramos num labirinto onde não temos saídas, quando sabemos que é na simplicidade que reside a saída dos nossos problemas. Na simplicidade e em sermos sempre aquilo que somos, para o bem e para o mal.

Tânia disse...

Adorei o final. E o início também. E aqueles diálogos maravilhosos lá para o meio, e a banda sonora inspiradora e tudo e tudo...

Beijo (o teu bom gosto é impressionante :))

Menphis disse...

Tânia, penso o mesmo de ti. O teu bom gosto também é impressionante :))