6 de agosto de 2012

" O teu rosto será o último"


" O teu rosto será o último" é o livro português que, ultimamente, quase toda a gente fala por duas razões: uma delas, a mais importante, foi a conquista do Prémio Leya 2011. A outra foi porque o autor deste obra, João Ricardo Pedro, é um dos muitos desempregados que lutam para (sobre)viver em condições em Portugal. Neste caso em particular, o autor desempregou-se para escrever este livro, apostando tudo na escrita de uma obra que está a ter um, merecido, sucesso .

Mas, vamos ao que interessa: a história versa sobre uma família que vive no pós-25 de Abril e foca-se na vida do filho Duarte e no seu crescimento num país novo mas com demasiadas fracturas na sociedade para que tudo seja perfeito. No entanto, na sua vida familiar um Mundo novo também se apresenta perdendo a inocência de uma forma trágica.

A escrita belíssima e cuidada consegue-nos transportar para dentro da história levando-nos a desejar que não termine tão cedo a sua leitura. Confesso que já tinha saudades de um livro assim, tão doce e tão cruel ao mesmo tempo, tão melancólico mas com uma luminosidade particular, reflectindo uma visão portuguesa que ainda hoje se mantêm, tudo isso com uma forma de contar histórias e a História de uma maneira tão simples e tão terna.  Uma das obras mais fascinantes que li este ano. 


2 comentários:

tonsdeazul disse...

Também li este livro por estes dias. Gostei imenso! Muito se falou deste livro e por isso muita curiosidade também se gerou, mas foi um prémio bem merecido. Tem uma história envolvente, muito embora me tivesse custado a entrar nela. Depois custou-me foi sair... ;)

A. F. disse...

Caro Menphis, faço minhas as suas palavras! Li "O Teu Rosto Será o Último" há muito pouco tempo e fiquei rendida à escrita do autor. É uma história profundamente nossa, profundamente portuguesa. Nas circunstâncias em que nos encontramos, com tanto desânimo e falta de esperança à nossa volta, é uma alegria e uma fonte de inspiração vermos surgir um jovem autor português com tanto talento.