25 de janeiro de 2011

Marry me, Joanna

Uma voz tão cristalina que nos leva a lugares inimagináveis, uma presença em palco tão bela como luminosa, canções que são verdadeiras antologias de prazer,uma banda irrepreensível e de qualidade, um concerto, certamente, a não esquecer durante muito e muito tempo.

Não sei se será dos melhores concertos do ano, até porque o ano ainda está tão imberbe e em Maio irei ver a princesa Polly Jean, mas fica recordado com um dos concertos mais envolventes e belos que já tive o previlégio de assistir.





1 comentário:

tonsdeazul disse...

Olha que sortudo! Também queroooo! ;)
Ela é maravilhosa.