8 de dezembro de 2010

José & Pilar


Do Amor verdadeiro e puro. Da cumplicidade. Das almas gémeas. Do agradecimento. De como uma vida depende de outra. Da solidão quando um deles está ausente. De como se completam. De um amor, que como se diz no filme, também é nosso. Da saudade. Da crueldade do fim. Da delicadeza do gesto. Da urgência de viver.Da beleza. Da força....Da vida. 

Que maravilha de documentário. Excelente banda sonora, com imagens belíssimas e uma história com uma dimensão para além do normal. Como são os seus intérpretes.A não perder.

1 comentário:

tonsdeazul disse...

Partilho das tuas palavras, Menphis.

«- Eu tenho ideias para romances e ela tem tem ideias para a vida, e eu não sei o que é mais importante.» Saramago

Ainda não tive oportunidade de o ver, mas espero ansiosamente por esse dia. E a banda sonora pelo que já ouvi é realmente linda. Gosto imenso desta, Palco do Tempo de Noiserv.