16 de junho de 2009


" Ser, parecer"

Entre o desejo de ser
e o receio de parecer
o tormento da hora cindida

Na desordem do sangue
a aventura de sermos nós
restitui-nos ao ser
que fazemos de conta que somos ( Mia Couto in " Raiz de orvalho e outros poemas" )


Naquele post que posso considerar como o post mais egocêntrico do ano, partilho convosco, amigas e amigos, um brinde aos meus 28 anos.

9 comentários:

pipinha disse...

Parabéns por esta data especial!
Que o tempo seja sempre o teu melhor parceiro, trazendo serenidade, equilíbrio e sabedoria - que te darão a receita ideal de como viver a vida, aproveitando o melhor que ela tem a oferecer.
Que as conquistas do passado te tragam à lembrança, não só alegrias, mas também a força e o entusiasmo para superar eventuais obstáculos e implementar os mais importantes projetos para o futuro.
Muita saúde, amor, paz, fé, esperança, alegrias e prosperidade!
Um sincero beijo e votos de muitas felicidades!

Hugo disse...

28, boa idade! Parabéns!

Madrigal disse...

Muitos Parabéns! Desejo-te um dia feliz!

Anónimo disse...

ÉS LINDO!
PARABÉNS, MUITOS BEIJINHOS DOS TEUS PAIS.

Menphis disse...

Obrigado a todos, especialmente ao último comentário que sem eles eu não estaria aqui.

susana disse...

(ainda que atrasado) Feliz aniversário e que prevaleça sempre o ser. Parabéns!

Tânia disse...

Ai que eu deixei passar o teu aniversário :(

Bem, muitos beijinhos repletos de felicidades e boas experiências :) Tão fofinho que estás nas fotos cá de cima... E nesta também, vá :P

Carriço disse...

Depois de te ter deixado os parabéns por sms e no twitter, chega a vez do blogue, ainda que atrasado. Só não deixo também no hi5 e facebook, porque não tenho! :)

Um abraço e... temos de tratar do brinde noutra altura, que esse copo já não deve durar! :)

looT disse...

Um brinde aos teus 28.

Parabéns!