3 de dezembro de 2014

No Fim


No fim de tudo dormir.
No fim de quê?
No fim do que tudo parece ser...,
Este pequeno universo provinciano entre os astros,
Esta aldeola do espaço,
E não só do espaço visível, mas até do espaço total.


Álvaro de Campos, in "Poemas"
Heterónimo de Fernando Pessoa




Como inaugurei este blog, agora finalizo. Com Fernando Pessoa. Este blog deu-me muito, amizades para sempre, momentos inesquecíveis, foi o meu porto de abrigo durante muito tempo e com ele mudei e a minha vida também mudou.E quando leio os posts passados confesso que fico contente por ter escrito algumas coisas.
Um dia talvez regresse, quando a saudade apertar, ainda tenho dois "projectos" de blogs para reavivar quando chegar a altura certa. Até lá podem-me seguir aqui , são as minhas "fotografias" que vou postando no Instagram. Até qualquer dia. E obrigado a todos.

1 comentário:

tonsdeazul disse...

Um até breve! ;)