1 de janeiro de 2012

Lhasa: 2 anos de ausência




E no primeiro dia do ano lembro-me sempre dela. Da sua liberdade. Da sua melancolia. Da sua música. Para que o ano entre com outra beleza.

2 comentários:

Desnorteada disse...

Isto é tão bom! :P

tonsdeazul disse...

Lhasa... Simplesmente doce.